Sábado de muito Sol para todos os times de São Paulo que entraram em campo para a segunda rodada da Série A estadual. A primeira rodada mostrou grande equilíbrio entre as equipes, mas já na segunda etapa, os favoritos começam a despontar.
 
A capital paulista recebeu três jogos. Na zona norte, o Rio Branco recebeu o SPAC, semifinalista do Brasileiro no ano passado em duelo onde ambos buscavam a primeira vitória, depois de empates na estreia. Em jogo de grande atuação de seus jovens talentos (Raj Spago pelo SPAC, e Daniel Maranhão pelo Rio Branco) dessa vez, o dia foi do tradicional SPAC, que foi objetivo e aproveitou seus ataques, anotando 5 tries (a pontuação máxima do Rugby) e levou a melhor sobre os Pelicanos, saltando para a 4a colocação, dentro de zona de classificação para as finais. Os Pelicanos do Rio Branco seguem na sexta colocação. “Faltou calma para o Rio Branco, erramos muito nos fundamentos e não conseguimos manter o ritmo ao longo de toda partida.” comentou Daniel Silva.
 
No segundo jogo, a Poli teve mais um duelo duro em casa, dessa vez contra o Pasteur, atual campeão estadual e amargou sua segunda derrota, que a deixa na penúltima colocação. A partida foi mais disputada, e tensa do que a estreia de ambos, com alternância no marcador e muitos cartões distribuídos, e acabou prevalecendo o grande talento da linha do clube de origem francesa que garantiu a invencibilidade depois de dois jogos fora de casa.
 
O Jacareí por sua vez fez sua primeira partida fora de casa e derrubou mais um tabu, vencendo o Bandeirantes Saracens pela primeira vez fora de casa, no curto histórico de confrontos entre as equipes, que soma quatro triunfos para os bandeirantinos e uma para os Jacarés (como é conhecido o Jacareí). Os visitantes começaram com ritmo muito forte abrindo vantagem logo na primeira etapa, fechando os 40 minutos iniciais com vantagem de 23 pontos. Na etapa final, o Band igualou as ações e diminuiu a vantagem, mas não evitou a primeira derrota no ano.
 
Em São José dos Campos, o campeão brasileiro recebeu os novatos do União Rugby Alphaville e não deu chances para o clube de Barueri, que fez boa estreia contra o Pasteur. Com domínio completo das ações da partida, o São José empurrou o adversário para seu campo defensivo e anotou 47 pontos não respondidos.
 
Campeonato Paulista A – 2a rodada
Dia 09/04/2016 às 10h30 – Rio Branco 22 X 34 SPAC
Árbitro: Marcelo Toscano
Auxiliares de linha: Rafael Nichioka e Cauã Ricardo
4o árbitro: Guilherme Jacintho
Local: Academia do Barro Branco – São Paulo, SP
 
Dia 09/04/2016 às 15h – Poli 26 X 45 Pasteur
Árbitro: Victor Hugo
Auxiliares de linha: Rafael Nichioka e Renata Martinez
4o árbitro: Mirko Weber
Local: CEPEUSP – São Paulo, SP
 
Dia 09/04/2016 às 15h30 – São José 47 X 00 União Rugby Alphaville
Árbitro:Guillaume Riberá
Auxiliares de linha: Guilherme Queiroz e Luciano Sampaio
4o árbitro: Twyla Bueno
Local: CT Ange Guimerá – São José dos Campos, SP
 
Dia 09/04/2016 às 15h30 – Band Saracens 22 X 38 Jacareí
Árbitro:Renato Scalércio
Auxiliares de linha: Nayara Lima e Lucas Gurgel
4o árbitro: Raphael Gentile
Local Clube de Campo do Palmeiras – São Paulo, SP
 
 
Foto por Denys Flores