A terceira rodada do Paulista contou com a estreia de jogadores, e resultados apertados e um novo líder, único a manter 100% de aproveitamento na competição.
É o Pasteur, que venceu o Rio Branco no clássico da capital paulista por uma boa margem e conseguiu o ponto de bonificação (quando uma equipe anota 4 ou mais tries na partida), deixando os Pelicanos na parte de baixo da tabela.  O capitão do Pasteur, Jean “Rocko” Ferrarini comentou: “Esperávamos um jogo mais parelho principalmente no começo do jogo, porém desde do início conseguimos manter vantagem em nossas bolas, nas formações e na linha. E com o forte calor, as trocas no segundo tempo mantiveram o nosso alto nível.”

Os Galos franceses ainda se beneficiaram da vitória simples do São José sobre o Jacareí, no tradicional clássico caipira, como é conhecido o confronto entre os clubes de cidades vizinhas do Vale do Paraíba. A disputa contou com a estreia do neozelandês Josh Reeves, um dos destaques do Brasileiro no ano passado, atuando pelo Jacareí, e dos irmãos franceses Daniel e Felipe Sancery, vestindo o manto joseense. Daniel foi o autor de dois tries (a pontuação máxima do Rugby) para o atual campeão brasileiro, mas seu grande destaque nesse início de competição é a defesa, com apenas 8 pontos sofridos em três jogos.

Na zona sul da capital, dois jogos completaram a rodada. O Band Saracens, em reformulação, venceu a primeira, se afastando da zona de descenso, ao bater o estreante União Rugby Alphaville por apenas dois pontos de vantagem, o que deu ao clube de Santana do Parnaíba seu primeiro ponto na competição (o bônus defensivo ocorre sempre que uma equipe é derrotada por 7 ou menos pontos). Yuri Horalek, um dos líderes da equipe festejou o triunfo. “O URA apresentou um jogo intenso e isso levou a uma partida de um bom nível. Tivemos três cartões amarelos na partida pelo nosso lado e isso tornou o jogo complicado para nós, mas com muita doação de todos em campo conseguimos obter o resultado positivo. Acredito que o time está em um caminho de evolução e, dessa forma, apresentaremos um rugby de qualidade cada vez maior.”

No palco mais tradicional do Rugby brasileiro, o SPAC recebeu a Poli e conseguiu uma vitória suada sobre o agora lanterna da competição, mas suficiente para deixar a equipe na terceira colocação, apenas três pontos atrás do São José. O destaque da partida mais uma vez foi um jogador da seleção brasileira, Lucas Tranquez, com 15 pontos anotados.

O campeonato tem uma pausa no feriado, tempo de sobra para as equipes descansarem e voltarem com tudo para a próxima rodada, marcando a metade da competição. O São José recebe em casa o Rio Branco para manter a perseguição ao Pasteur, que recebe o Jacareí. O SPAC por sua vez joga fora de casa, contra o União Rugby Alphaville, e o Band Saracens tenta embalar na competição encarando a Poli.


Campeonato Paulista A

Dia 16/04/2016 às 14h15 – Pasteur 45 X 07 Rio Branco
Árbitro: Marcelo Toscano
Auxiliares de linha: Regis Dantas e Cláudia Queliconi
4o árbitro:Mirko Weber
Local: Campo do Planalto – Vinhedo, SP

Dia 16/04/2016 às 15h – Jacareí 03 X 15 São José
Árbitro: Henrique Platais
Auxiliares de linha: Marcel Santos e Edgar Cardoso
4o árbitro: Larissa Ferreira
Local: Campo do Balneário – Jacareí, SP

Dia 16/04/2016 às 15h30 – Band Saracens 17 X 15 União Rugby Alphaville
Árbitro: Murilo Bragotto
Auxiliares de linha: Luciano Sampaio e Renata Martinez
4o árbitro: Aline Thomaz
Local: Clube de Campo do Palmeiras – São Paulo, SP

Dia 16/04/2016 às 15h30 – SPAC 26 X 14 Poli
Árbitro:Mariano de Goycochea
Auxiliares de linha: Natasha Olsen e Lucas Gurgel
4o árbitro:Debora Thomsen
Local: SPAC – São Paulo, SP

Classificação

ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSP
PoliSão Paulo2355003021462152
São JoséSão José dos Campos1954013018574111
JacareíJacareí1854012019484110
Band SaracensSão Paulo175302321728983
SPACSão Paulo1453022015012921
PasteurSão Paulo1051042412710126
São CarlosSão Carlos050050035285-250
Rio BrancoSão Paulo050050049302-253

 

Foto por Denys Flores