Pinda e Rio Preto vencem na estreia do Paulista D

A Série D do Rugby paulista deu seu pontapé inicial nesse domingo com dois jogos que mostram que a divisão tem tudo para ser equilibrada.

No Vale, o Pinda recebeu o Taubaté em uma disputada partida aquecendo a rivalidade local. Yago abriu o placar logo aos cinco minutos com um penal, mas apesar dos três pontos, o ataque dos Leões do Vale parou na defesa alviceleste do visitante e as equipes se alternaram nas chances de pontuar, mas somente aos 26, Romulo Soler igualou o placar para o Taubaté. Antes do intervalo, Antônio Rodrigues colocou o Pinda novamente na frente, levando uma vantagem de apenas 5 pontos para a etapa final. Tratando de manter o Taubaté no jogo, Rômulo guardou seu segundo penal logo aos 2′ do segundo tempo, mas a agressividade do Pinda se mostrou decisiva ainda na metade da etapa, ampliando a vantagem para 12 pontos com Yago ampliando com um penal, e um try convertido. Se o centro do Pinda vinha em uma tarde inspirada, o Taubaté também teve em Rômulo um jogador efetivo que reduziu com mais um try e nova conversão, reduzindo o placar para a 18 a 13, e os quinze minutos finais prenderam a respiração da torcida local, que viu os Leões do Vale reduzidos a catorze jogadores com as exclusões seguidas de Talles e Yago, mas no final, conseguiu celebrar a vitória após o apito final.

Em São José do Rio Preto, o time da casa recebeu o Piracicaba, um duelo do interior paulista que já propiciou grandes jogos em 2017 na divisão de Desenvolvimento se repetiu na Série D, com o Rio Preto aproveitando o fator casa mais uma vez para superar o tradicional Piracicaba. Jonathan Marckert abriu o placar para o time da casa logo aos 3′, com Muryel ampliando através de penal certeiro. A resposta de Piracicaba veio com os forwards, Bruno Frederici abrindo caminho pela defesa adversária para reduzir, mas Muryel garantiu mais três pontos dando números finais à primeira etapa. O time da casa começou melhor o segundo tempo e conseguiu conter o avanço piracicabano mesmo reduzido a 14 jogadores, com a exclusão temporária de João Guilherme. A dupla Jonathan/Muryel estava impossível e enquanto Jonathan garantiu seu hat-trick (quando um jogador conquista 3 tries na mesma partida), Muryel guardou mais duas conversões, dando tranquilidade para o Rio Preto na reta final da partida. A reação do Piracicaba veio tardia, com Rogério Goularte anotando o seu try, e nem mesmo as duas exclusões desfalcando o Rio Preto na reta final impediu o importante triunfo do time da casa.

A próxima rodada acontece somente em maio, com a estreia do Ribeirão Preto em casa contra o Pinda, enquanto Taubaté e Piracicaba se enfrentam no Vale de olho na recuperação.

Campeonato Paulista – Série D
Dia 08/04/2018 às 16h – Rio Preto 28 X 17 Piracicaba
Árbitro: Ricardo Marzano
Auxiliares de linha:Rafael Nichioka e Guilherme Wadt
4º árbitro: Eduardo Vilela
Local: Campo do Tangará – São José do Rio Preto, SP

Dia 08/04/2018 às 15h – Pinda 18 X 13 Taubaté
Árbitro: Lucas Saccomanno
Auxiliares de linha: Augusto Cambuzano e Stephanie Pflamminger
4º árbitro: João Mont’Alverne
Local: CE João do Pulo – Pindamonhangaba, SP

Classificação

ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSPT
Rio PretoSão José do Rio Preto308602512921331590
Ribeirão PretoRibeirão Preto26750242214115990
PiracicabaPiracicaba18740320182150320
PindaPindamonhangaba14730411117203-860
TaubatéTaubaté170070167271-2040

Foto: Top 10 Comunicação