SPAC e Jacareí vencem e embolam a luta pela classificação do Paulista A

A quarta rodada do Paulista A chegou ao fim nesse sábado com dois jogos cheios de expectativas e que vão deixar a reta final da primeira fase emocionante, com as vitórias de SPAC e Jacareí na capital paulista.

No tradicional campo do SPAC, o clube da casa recebeu o Rio Branco, em confronto em que só a vitória interessava, a primeira para os dois clubes. Apesar do equilíbrio nas formações fixas, os britânicos começaram com mais posse de bola e domínio territorial diante dos Pelicanos mas levou vinte minutos para finalmente cruzar o ingoal adversário com o veterano Luiz “Cabelo” Ricca abrir o placar aproveitando um erro na marcação da base do ruck. Ele mesmo ampliou dez minutos depois após um line na linha de 5m seguido de maul avassalador que terminou no ingoal Pelicano. Os dois tries sofridos não abalaram o Rio Branco que seguiu buscando o jogo mas se a defesa parecia sólida, o ataque era ineficiente, levando pouco perigo real ao SPAC, com muitos erros de manuseio e pouca velocidade, facilitando a ação defensiva do adversário. No minuto final, Matthias completou a trinca de tries dos avançados SPACianos ainda no primeiro tempo.

A dinâmica do jogo pouco mudou na etapa final, mas o SPAC correu para garantir o ponto bônus com Sabino logo aos dois minutos, em velocidade pela direita, seguido de conversão de Franklin e o melhor preparo físico do SPAC permitiu à equipe manter o ritmo mais acelerado da partida, dificultando a reorganização defensiva do Rio Branco no jogo aberto, criando espaços bem aproveitados pela linha. Em uma dessas ofensivas, Ludgero “Sedex” passou pelo meio da defesa e apoiou debaixo dos postes para fazer 29 a 0 para o time da casa, com pouco mais de dez minutos para o fim. O Rio Branco foi bravo até o fim e teve seu esforço recompensado nos minutos finais, com Thiago Rezende aproveitando espaço na base do ruck para cravar o try solitário do Rio Branco, que segue sem pontuar na tabela.

Na Arena Paulista, o Jacareí não se intimidou por jogar fora de casa e conquistou uma vitória sólida construída com participação determinante do abertura Matheus Cruz ainda no primeiro tempo. Sabendo que seria um jogo duro, a equipe tratou de pontuar em sua primeira investida, em um penal certeiro aos 3′. A partida se manteve equilibrada mas o Pasteur encontrava dificuldades para encaixar seu jogo frente um adversário de características semelhantes, e viu seu prejuízo aumentar com o try de Rafael Goes seguido de novo chute de Cruz. A resposta veio com Pilla colocando os Galos novamente na partida, mas a reação francesa não foi adiante e para piorar, Cruz deixou seu try no lance final do primeiro tempo. O Pasteur fez quatro mudanças no intervalo tentando reverter a situação, mas o cenário se agravou com Cruz anotando mais três pontos aos dez minutos, deixando o time da casa cada vez mais sem rumo. Na metade final, o experiente Matheus Daniel correu para dois tries não respondidos que selaram o triunfo do Jacareí, aproveitando a exclusão do abertura Robert Tenório nos minutos finais para botar mais pressão sobre os Galos, que conheceram a segunda derrota no ano.

A vitória no confronto direto foi excelente para os Jacarés, que colou nos líderes e deixou o Pasteur ameaçado, mas ainda no G4, agora um ponto à frente de SPAC e Band Saracens.

O próximo fim de semana tem rodada cheia, com quatro jogos e a possibilidade de conhecermos o primeiro semifinalista, caso a Poli conquiste uma vitória bonificada contra o Pasteur, e os primeiros eliminados da disputa, caso Templários e Rio Branco não vençam e SPAC e São José respectivamente, e Band Saracens e Pasteur conquistem ao menos dois pontos em seus jogos.

Campeonato Paulista A – semana 7
Dia 14/04/2018 às 15h00 – SPAC (15) 29 X 05 (00) Rio Branco
Árbitro: Renato Scalércio
Auxiliares de linha: Guilherme Zaparoli e Roger Santesso
4º árbitro: Vanessa Xavier
Local: SPAC – São Paulo, SP

SPAC
Tries: Luiz Ricca (2), Matthias Wegener, Bruno Sabino, Ludgero “Sedex”
Conversões: Franklin Rios (2)

Rio Branco
Tries: Thiago Rezende “Kaká”

 

Dia 14/04/2018 às 15h00 – Pasteur (03) 03 X 32 (17) Jacareí
Árbitro: Xavier Vouga
Auxiliares de linha: Natasha Olsen e Alexandre Castiglioni
4º árbitro: Guilherme Queiroz
Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP

Pasteur
Penal: Pedro di Pilla

Jacareí
Tries: Matheus Cruz, Rafael Góes, Matheus Daniel (2)
Conversões: Matheus Cruz (3)
Penais: Matheus Cruz (2)

Classificação

ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSP
PoliSão Paulo1944003020243159
São JoséSão José dos Campos184400201414893
JacareíJacareí1643013113938101
PasteurSão Paulo10420211836023
Band SaracensSão Paulo94112217689-13
SPACSão Paulo94112217696-20
Rio BrancoSão Paulo040040015144-129
TempláriosSão Bernardo do Campo040040018232-214