São José e Poli decidem o título do Paulista A nesse sábado

Chegou a hora da grande final do Campeonato Paulista Série A! E é final inédita, com o São José, campeão de 2016 e único time invicto até aqui na edição 2018, recebendo em São José dos Campos a Poli, da capital paulista, campeã de 2017, que segue na defesa de seu título. É jogão, recheado de grandes atletas da Seleção Brasileira e com transmissão AO VIVO no Facebook da Federação Paulista.

“Passamos o ano inteiro com o objetivo de formar um time e chegar às finais do Paulista. E o time cresceu muito durante o campeonato, fomos ganhando os jogos e tivemos a competência de chegarmos a decisão invictos. Mas isso é uma coisa que não nos engrandece, que não nos torna melhor do que ninguém. Apenas soubemos trabalhar e tratamos todos os jogos como uma final”, destaca o técnico do São José, ​Duda​ Padil​l​a, após seu time vencer o Pasteur na semifinal por 33 a 14.

O São José se reergueu depois de um 2017 atípico – quando caiu nas semifinais do Paulista (pela primeira vez em 16 anos) e fez campanha ruim no Brasileiro – e vai em busca de seu 12º título estadual. Os joseenses têm a segunda melhor defesa (atrás apenas do Jacareí) e o segundo melhor ataque da Série A, com média 39 pontos marcados por jogo (312 em 8 partidas). Gabriel Assunção é o artilheiro do time, que tem como maiores anotadores de tries o terceira linha experiente e capitão Diogo Borges e a revelação Rodrigo Lopes, de 21 anos (irmão de Pedrinho Lopes), ambos com 5 tries. O time deverá ir a campo ainda reforçado de nomes importantes dos Tupis, como os irmãos Sancerys e os irmãos Duque, agora que os Tupis não jogarão mais em junho.

Atual dono do troféu de campeão paulista, o Poli, vai em busca do bicampeonato estadual – no ano passado, o time nascido na USP chegou na primeira final de Série A de sua história e levou a taça na prorrogação. Mesmo vindo de um resultado tão festejado em 2017, o técnico Maurício Carli deixou claro que “este é o jogo mais difícil da história da Poli, pois além de ter sido o único time que nos derrotou virá completo com os atletas da seleção”. Se vencer, a Poli será o primeiro clube desde o São José em 2013-2014 a vencer dois títulos seguidos do Paulista.

Com 7 vitórias em 8 jogos e donos do melhor ataque (média de quase 40 pontos por jogo, em um total de 318 em 8 compromissos) e da terceira melhor defesa até aqui, os paulistanos venceram o Jacareí para chegar a grande decisão, por 21 a 18, em jogo de muito equilíbrio. Dois nomes revelados dentro do clube são grandes destaques: o veterano artilheiro Marcelo “Tate” Orefice, sempre perfeito nos chutes, e o primeira linha autor de 6 tries na competição, João Pedro “Sininho” Talamini, de 22 anos. Entretanto, a Poli está também repleta de grandes nomes dos Tupis, como Abud e Gelado entre os avançados, Zé (autor dos pontos decisivos nos acréscimos da semifinal contra o Jacareí), Maranhão, De Wet e Valentin. Para Carli, “a grande força da Poli é a união do grupo, pois é um time bastante entrosado, sendo que todos os atletas que chegaram recentemente foram muito bem integrados e se sentiram em casa”.

Na primeira fase, em duelo espetacular, os joseenses levaram a melhor sobre os paulistanos, e venceram por 27 a 25, em São José dos Campos. Na partida, os visitantes chegaram a abrir 16 pontos de vantagem, porém, os donos da casa não se entregaram e conquistaram uma virada espetacular, decretada após try de Alisson. Naquela oportunidade, a arbitragem foi do experiente Xavier Vouga, escalado também para a final.

 

Campeonato Paulista Série A – FINAL

Dia 16/06/2018 às 15h00 – São José x Poli – FACEBOOK FPR AO VIVO

Árbitro: Xavier Vouga
Auxiliares de linha: Mariano de Goycochea e Victor Hugo Barboza
4º árbitro: Tomás de Goycochea

Local: Estádio Martins Pereira – São José dos Campos, SP
Entrada gratuita